Curso: Mestrado Gestão Educacional (2 anos)
Departamento: Ciências Humanas, Jurídicas e Sociais

Objetivos

O Curso de Mestrado em Gestão Educacional visa qualificar os profissionais da educação para o exercício das funções de direção e de gestão pedagógica e administrativa nos estabelecimentos de educação e ensino e outras organizações educativas, capacitando-os, nomeadamente, para:

i) Analisar e interpretar a escola e as organizações educativas à luz dos contributos teóricos das ciências da educação, designadamente nos domínios da sociologia da educação e da escola, da política educativa ou da educação comparada, das ciências da organização e, ainda, da administração pública e do direito administrativo;

ii) Fundamentar o processo de tomada de decisão em procedimentos de investigação e de inovação educacional;

iii) Utilizar métodos e técnicas de planeamento e gestão educacional, organizacional, patrimonial, de recursos humanos e financeiros;

iv) Elaborar projetos educacionais e financeiros, respeitando o primado da dimensão pedagógica;

v) Avaliar contextos, situações, programas, processos e produtos educativos, quer a nível institucional quer a nível intermédio, com vista a melhorar a qualidade dos projetos educativos.

Perfil de Entrada & Condições de Acesso

O Mestrado em Gestão Educacional tem por destinatários preferenciais os dirigentes, pedagogos, educadores e académicos de nível superior das diversas áreas da educação, admitindo-se igualmente a sua frequência por estudantes e técnicos com habilitações adequadas e interesse na área que pretendam prosseguir os seus estudos de segundo ciclo.

Serão admitidos à matrícula no curso de Mestrado em Engenharia Informática, os cidadãos nacionais ou estrangeiros que reúnam as condições constantes na Lei de Bases do Sistema Educativo (Lei n.º 54/VII/2010, publicada no Boletim Oficial n.º 17, I Série, de 07/05/10) e com base no Decreto-Lei nº 20/2012, de 19 de julho, com as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei nº 12/2015, de 24 de fevereiro, que estabelece o Regime Jurídico das Instituições do Ensino Superior, e no Decreto-Lei nº 22/2012, de 7 de agosto, que estabelece o Regime Jurídico dos Graus e Diplomas do Ensino Superior.

De acordo com a estrutura curricular e com as condições das instalações físicas da Universidade do Mindelo, o número mínimo de candidatos a admitir é de 20 (vinte) e o máximo de 40 (quarenta).

Candidaturas & Seleção

Candidaturas
Podem candidatar-se ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre:

i) Titulares de grau de licenciado ou equivalente legal;

ii) Titulares de um grau académico estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do processo de Bolonha por um Estado aderente a esse processo;

iii) Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo órgão estatutariamente competente;

iv) Detentores de currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido pelo órgão estatutariamente competente da UM como atestando capacidade para realizar este ciclo de estudos.

Seleção:

Em caso de necessidade serão observados os seguintes critérios de seleção:

  • Classificação final da Licenciatura;
  • Mérito da informação curricular e científica;
  • Entrevistas/provas de seleção.

Para os casos não previstos, a admissão será da responsabilidade do Conselho Científico da Universidade do Mindelo.

Perfil de saída

Ao gestor educacional deverá corresponder um perfil a construir sobre quatro dimensões: ética, formativa, relacional e social e investigativa. O Mestre em Gestão Educacional terá um perfil académico profissional multidisciplinar baseado nas áreas de conhecimento que sustentam a abrangência da sua intervenção, nomeadamente, gestão de instituições educativas públicas ou privadas, áreas administrativas e de gestão de recursos humanos.

Carreiras Profissionais

No final da sua formação o estudante está habilitado a exercer qualquer função nas áreas de gestão educacional, designadamente:

i) Gestão de organizações educativas;

ii) Docência;

iii) Investigação;

iv) Assessoria, etc.

Mesmo sendo uma profissão orientada para as instituições ligadas à educação, o profissional também pode atuar em empresas do segundo e terceiro setor, prestando consultorias ou gerindo projetos relacionados com a educação.

O Plano de Estudo está distribuído por quatro semestres. Os dois primeiros semestres incluem um conjunto de 4 (quatro) unidades curriculares cada, de frequência obrigatória e corresponde a parte letiva do curso. O terceiro e quarto semestres são para elaboração, orientada, da dissertação final.

O quadro seguinte indica as unidades curriculares e as respetivas ECTS, bem como as horas de trabalho.

1º Ano
  • Teorias da Administração e Políticas Educativas;
  • Planeamento em Educação;
  • Direção e Gestão de Organizações Educativas e de Recursos Humanos;
  • Gestão Financeira de Organizações e Projetos;
  • Metodologia da Investigação Científica;
  • Tecnologia Educacional – Tópicos Avançados em Sistemas de Informação;
  • Avaliação, Supervisão Institucional e Qualidade Educacional;
  • Comportamento Organizacional.
2º Ano
  • Preparação, Realização e Discussão da Dissertação.
Documentação necessária
  • Formulário de candidatura online devidamente preenchido (Clique para descarregar);
  • Bilhete de Identidade;
  • Certificado de Habilitações Literárias;
  • Certificado de Equivalência (referente a graus obtidos no exterior e emitida pela DGES);
  • 2 Fotografias (tipo passe);
  • Declaração de NIF (Número de Identificação Fiscal).
Preço/serviços
  • Taxa de Matrícula:  15.000$00;
  • Propina 1º Ano (paga em 10 prestações de outubro a julho): 150.000$00;
  • Propina 2º Ano (paga em 10 prestações de outubro a julho): 150.000$00;

Avaliação/Acreditação/Registo

Despacho No: 007/ARES/2019
Publicação: II SERIE, No 152/2019, DE 28 DE OUTUBRO

Relatório de Auto-avaliação